REPÓRTER

REPÓRTER
Marcelo Santos

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

AS ARMAS DO GOVERNADOR


Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

Candidato à reeleição, o governador Rui Costa (PT) aposta em alguns trunfos para conseguir sacramentar o seu objetivo eleitoral em 2018. Assim como o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o petista reúne evidências políticas e de gestão para se cacifar novamente junto ao eleitorado baiano, que o concedeu o mandato em 2014 com quase 3,6 milhões de votos.
10 armas do atual chefe do Executivo estadual para se manter no Palácio de Ondina:
Foto: Manu Dias/ GOVBA

1 – Metrô e obras de mobilidade 
Menina dos olhos do governo, o metrô de Salvador será usado à exaustão na campanha de 2018. A afirmação não é feita com base em futurologia, mas com base no pleito municipal de 2016, quando os candidatos aliados ao governador usaram a obra para atrair votos para si. Outro indicativo é a disputa em torno do modal. Os governos estadual, federal e municipal disputam, de todas as formas, a sua paternidade.
Além do metrô, o governador colocará na sua conta diversas obras de mobilidade na capital baiana. Como já dito por Rui, as intervenções “mudaram a cara” da cidade. Entre elas estão a duplicação da Avenida Pinto de Aguiar, o Complexo Viário Imbuí-Narandiba, as linhas Azul e Vermelha e a Estrada do Curralinho.
Foto: Camila Souza/ GOVBA

2 – Situação fiscal da Bahia 
Outro fator que pode e, certamente, será usado pelo governador Rui Costa é o equilíbrio fiscal da sua gestão. Em entrevistas coletivas, Rui reiteradamente fala sobre as dificuldades de arrecadação e de repasses, mas ressalta que, mesmo com os obstáculos, o Estado tem mantido o nível de investimento em obras e conseguido manter os salários dos servidores e aposentados em dias.
Rui deve ainda mostrar que, mesmo com a arrecadação em queda livre e perto de estourar o limite de pessoal, promoveu concursos, como da Polícia Militar, e, se sair do papel, o da Educação.
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

3 – Presença no interior
Para fazer jus ao título de “Correria”, alcunha que “pegou” em suas redes sociais, Rui Costa tem intensificado as visitas ao interior. Recentemente, completou 300 viagens oficiais – sem contar idas do fim de ano, quando viaja para descansar. A agenda tem se intensificado, com a proximidade de 2018.
Como noticiado pelo bahia.ba, o governador tem “pernoitado” nas cidades e, em geral, vai autorizar início de obras quando o município comemora seu aniversário de emancipação – o que, naturalmente, já chama a atenção dos moradores.
Foto: Manu Dias/ GOVBA

4 – Construção de policlínicas e hospitais
Um dos assuntos que mais recebem atenção por parte do eleitorado, a saúde tem sido alvo constante de ações do governo. Como prometido na campanha anterior, o petista indicou a construção de policlínicas, que têm o objetivo de “desafogar” os grandes hospitais das cidades de maior porte e prestar atendimento a populações mais afastadas dos grandes centros.
Segundo Rui Costa, cada unidade tem investimento médio de R$ 24 milhões. Ainda este mês, o governador pretende inaugurar mais um centro médico em Ilhéus, além do primeiro hospital da Chapada Diamantina. “Nós reabrimos o Hospital de Ruy Barbosa e vamos colocar lá 20 leitos de UTI, o hospital de Brumado também vai ganhar 20 leitos de UTI, vamos fazer uma completa reforma no hospital de Senhor do Bonfim, que também vai ganhar 209 leitos de UTI, em Alagoinhas vamos ampliar o Dantas Bião e implantar mais 20 leitos de UTI, em Paulo Afonso pretendo iniciar as obras das Policlínicas. Vou construir mais 60 leitos no Hospital do Oeste e aumentar a produção”, projetou, em entrevista à Rádio Metrópole, em junho deste ano.
Foto: Manu Dias/ GOVBA

5 – Primeiro Emprego, Mais Futuro, Partiu Estágio
Três das principais ações da gestão são voltadas para a juventude. Elas, certamente, serão também trunfos do grupo petista para angariar votos. O Primeiro Emprego, como o próprio nome diz, pretende facilitar a procura pela primeira experiência profissional entre os estudantes da rede estadual da Educação Profissional. As vagas, 4,5 mil ao todo, são oferecidas no setor público.
O Mais Futuro oferece bolsa auxílio-permanência que varia de R$ 300 a R$ 600 para estudantes da rede de ensino superior estadual. O primeiro valor é destinado a alunos que moram até 100 quilômetros de distância da faculdade, enquanto o segundo é direcionado àqueles que vivem em locais mais distantes.
Já o Partiu Estágio objetiva ampliar as oportunidades para graduandos das redes pública e privada de ensino, desde que tenham concluído 50% do curso. O estágio tem duração de um ano, e oferece remuneração de R$ 455 além de auxílio-transporte.
Foto: Carol Garcia/GOVBA Foto: Carol Garcia/GOVBA

6 – Número de prefeituras
Fator que pesa na soma eleitoral, o grupo liderado por Rui Costa tem um número maior de prefeituras sob o seu comando do que o grupo capitaneado por ACM Neto. No final das contas, o panorama pode mudar – tanto para mais quanto para menos –, a depender das alianças partidárias costuradas para 2018.
Foto: Divulgação/ PSD

7 – Apoio de Otto Alencar 
Um dos principais políticos em atuação na Bahia, o senador Otto Alencar garante que permanecerá junto ao governador Rui Costa, apesar das investidas do prefeito de Salvador, ACM Neto, e de pessoas próximas a ele.
O apoio de Otto é importante pela força do PSD no interior e pela capacidade de articulação política do senador, que hoje tem o seu partido à frente de 82 prefeituras, da Assembleia Legislativa da Bahia e da União dos Municípios da Bahia (UPB).
Foto: Manu Dias/ GOVBA

8 – Jaques Wagner no governo
A presença do ex-governador Jaques Wagner no secretariado de Rui Costa é um dos trunfos políticos para 2018. Wagner, quando governador, sempre foi bem avaliado pela população e mantém boa interlocução em Brasília – onde o trânsito do governador petista poderia ser prejudicado com a ascensão de Michel Temer. Além disso, Wagner consegue “destravar” um dos principais gargalos da gestão Rui: a interlocução política com a base.
Rui Costa e Lula_reproducao_facebook

9 – Fator Lula
Aliado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Rui pode se beneficiar em todos os cenários que contêm, ou não, a presença do petista. Favorito para o cargo de presidente na Bahia, se for candidato, Lula puxa votos para Rui. Caso seja impedido de concorrer pela Justiça, Rui pode capitalizar o discurso de que Lula, favorito “do povo”, foi “retirado” do pleito.
Foto: Beto Barata/ PR

10 – Afastamento do governo Temer
Um dos governos mais impopulares da história do Brasil, a gestão do presidente Michel Temer (PMDB) está dissociada da gestão Rui Costa. Por outro lado, é sabido pelo eleitor que Temer e ACM Neto têm ligações programáticas. Aliados do governador apostam que a proximidade do democrata com o peemedebista pode ser um tiro no pé da campanha do oponente, que aposta no distanciamento das questões nacionais em 2018. Rui, por outro lado, vai se posicionar contra as reformas impopulares e associar o rival a elas.

REJEITANDO



O pedido da Caixa Econômica Federal (CEF) para saber se tem direito ao prédio do Centro Médico Manuel Antas Fragas, anexo ao Hospital Espanhol, no bairro da Barra, em Salvador, foi rejeitado outra vez pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT).Conforme o coordenador de Execução e Expropriação do TRT, Rogério Fagundes, o documento apresentado pela CEF foi analisado nesta terça-feira, 22.O banco argumenta que tem uma parte do imóvel como garantia de um empréstimo feito. Sendo assim, a CEF entrou com recurso para que o imóvel fosse excluído do processo de leilão.Procurada pela equipe de reportagem do A TARDE, a assessoria do banco informou que não se pronunciará por se tratar de um assunto referente a "segredo de justiça".Segundo informado por Fagundes, a CEF ainda pode recorrer da decisão do TRT.O leilão do hospital já foi suspenso duas vezes.

ASSUMINDO


Foi selada, no Ministério dos Transportes, a transferência da gestão do aeroporto Jorge Amado, de Ilhéus, ao governo do Estado. O contrato foi assinado pelo governador Rui Costa e pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella. De antemão, já foi anunciado que será licitada uma concessão à iniciativa privada.Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a empresa de aviação civil que ganhar a licitação, além de ampliar o terminal de passageiros, realizar obra de recuperação da pista e a obra de tráfego aéreo, terá como obrigação fazer o estudo de localização, o projeto e o licenciamento ambiental para o novo aeroporto de Ilhéus.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

ATACADA

Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de Ouriçangas, no centro-norte da Bahia, Tonho de Fiito (PSL), foi estapeado e atacado por uma boia de espaguete, na noite deste domingo (13). A investida, que repercutiu nas redes sociais, no entanto, não passou de uma brincadeira.
O caso ocorreu durante a última apresentação do Circo Dallas na cidade, quando um grupo de palhaços recrutou dois espectadores (um deles, Tonho) para assistirem, do palco, a uma dança da música “50 reais”, de Naiara Azevedo.
Se na canção, a sertaneja fica em dúvida se bate na amante do namorado ou no companheiro traidor, um dos palhaços não hesitou e atacou o prefeito quando a caixa de som entoava, oportunamente, o trecho “não sei se dou na cara dela ou bato em você”.
Ao que tudo indica, o gestor, que ainda teve a blusa retirada por outro circense, não ficou machucado, mas terá que aguentar bastante chacota. Uma moradora do município que preferiu não ser identificada o clima na região é de “gozação”, já “que o vídeo está circulando muito”.
Ela disse que, apesar da repercussão, “as pessoas sabem que é normal”, afinal: “só porque ele é prefeito, ele não é humano? Brincadeira de palhaço ninguém deve levar o caso a sério”.

PREOCUPAÇÃO NENHUMA

Foto: Rodrigo Aguiar/ bahia.ba

O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, negou que haja preocupação do partido sem uma possível retaliação na visita do ex-presidente Lula em Cruz das Almas, na Região Metropolitana de Salvador, após os protestos contra o prefeito ACM Neto (DEM) que aconteceram na visita do gestor ao município e o anúncio de represália da oposição ao título de Doutor Honoris Causa que será oferecido ao petista pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano.
Em entrevista durante o lançamento do projeto Concha Negra, nesta terça-feira (15), no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador, o comandante petista garantiu não temer ovada e justificou os protestos liderados pela sigla. “O PT não promoveu ataque a ninguém. As manifestações que houveram não foram orquestradas pelo PT ou qualquer outra entidade, foram espontâneas”, disse.
“Nós vamos tratar toda a programação com muita alegria e mobilização, como as pesquisas de intenção de voto têm mostrado, uma intenção extraordinária – uma clara relação às políticas públicas que Lula trouxe para a Bahia. Isso é o lastro e instrumento de segurança que vai fazer da presença de Lula uma coisa bonita”, pontuou.
O petista também adiantou que, na visita do ex-presidente ao metrô de Salvador, não haverá qualquer mudança ou esquema especial na programação do modal. “Ele vai embarcar junto com os usuários, vai fazer a rotina normal. Ele quer vivenciar com as pessoas que usam de forma cotidiana o metrô”, afirmou.
No tour pela Bahia, o ex-presidente visitará quatro cidades do estado: o petista desembarca na tarde da próxima quinta-feira (17) em Salvador, onde será recepcionado pela militância do partido no Campo da Pólvora e depois participará de um ato político, na Arena Fonte Nova; no dia seguinte, vai a Cruz das Almas; ainda na sexta-feira (18), Lula segue para São Francisco do Conde para um ato na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). O petista encerra a agenda, no sábado (19), em um ato, em Feira de Santana.

AGRAVANDO


O terceiro fechamento em massa de comarcas em menos de dez anos na Bahia é o resultado de uma jornada de anos de altos gastos feitos pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Agora, sob a justificativa de manter as contas fora do vermelho, o mesmo tribunal limita o acesso à população ao Poder Judiciário com um número de postos de atendimento que não chega nem à metade dos municípios.No entanto, o que surpreende é que o mesmo tribunal vem, desde 2015, efetuando gastos com pessoal. Servidores foram nomeados para cargos comissionados e funções de confianças com salários altíssimos (que variam dos R$ 6 mil a R$ 39 mil). Com estas 275 nomeações – publicadas no Diário Oficial entre 26 de agosto de 2015 e 16 de fevereiro de 2017 – o tribunal arcaria com uma despesa mensal R$ 2.755.863,14.Dados do site de Transparência do próprio tribunal apontam que 263 magistrados - ou seja, 32,43% do quadro – e 172 servidores (1,48%) recebem salários acima do teto, que chegam a exorbitantes R$ 80 mil.

RECEBENDO


Os trabalhadores baianos inscritos no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e que tenham nascidos no mês de agosto, começarão a receber o dinheiro dos respectivos benefícios a partir desta quinta-feira (17). O calendário de pagamento segue de acordo com as datas de nascimento dos trabalhadores e vai até o dia 29 de junho de 2018, prazo final para o recebimento (veja quadros abaixo). No país, 24 milhões de pessoas receberão o chamado abono salarial, para as quais serão destinados R$ 16,9 bilhões. Na Bahia, serão 1.239.460 de beneficiados com um valor de R$ 900 milhões – montante que anima também os comerciantes, ansiosos por um reaquecimento da economia baiana.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

SELEÇÃO DE ITABUNA FAZ SEU PRIMEIRO COLETIVO NO LOMANTO




                                           

A seleção de Itabuna realizou nesta quarta feira(26), o primeiro treino coletivo no comando do técnico Alex Pereira (Gué). A prática foi realizada no campo do bairro Lomanto, já que o gramado do estádio Luiz Viana Filho ainda se recupera das chuvas que continuam caindo em nossa cidade e região. O coletivo teve duração de 50 minutos e terminou com a vitória da equipe considerada base pelo placar de 2 a 1 com gols de Paulinho e Tony descontando  Rodrigo Capacete." Para um primeiro coletivo achei a movimentação do grupo muito boa, agora é só manter essa pegada e esperar um jogo amistoso antes da estreia no intermunicipal" disse Gué (Técnico).

A diretoria da Liga está tentando confirmar o amistoso, contra a seleção de Ubaitaba para quarta-feira(2) naquele município.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

SEM COMENTÁRIOS

Foto: Manu Dias/ GOVBA

O governador Rui Costa (PT) foi evasivo, nesta terça-feira (25) ao comentar sobre uma possível debandada no PSB. O movimento enfraqueceria um dos aliados de primeira hora da sua gestão.
“Eu espero que o Congresso aprove a reforma política. O Brasil lamenta, e eu também, tudo que aconteceu. A lei de eleição e dos partidos não é boa. Os deputados e senadores podem mudar a lei até setembro agora”, respondeu, em entrevista à Record.
Ainda em entrevista ao programa, o petista garantiu a integração entre o ônibus municipais e o metrô. Segundo o petista, nesta terça ele teve nova reunião com o Ministério Público e apresentou a proposta de alimentação complementar.
“A boa notícia é que vamos fazer a integração, seja total ou complementar e o complementar vai ser com Wi-Fi e ar condicionado. Hoje tive outra reunião com MP e caso não tenhamos acordo [com a prefeitura e os empresários], vamos lançar a licitação da integração ônibus e metrô”, asseverou.
Presídios – Com uma tentativa de fuga frustrada nesta terça, no presídio da Mata Escura, o governador defendeu o sistema prisional do estado. “Recentemente, contratamos novos agentes e a Bahia hoje é referência. Temos 13 mil presos e 13 mil vagas e os agentes têm de atuar para barrar essas fugas”, ressaltou.

FECHANDO ACORDO



Investimentos para construção de creches e escolas, além de obras e coberturas de quadras esportivas instaladas em unidades de ensino. Este foi o ponto central da reunião entre o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, e o ministro da Educação (MEC), Mendonça Filho, na segunda-feira, 23.Segundo o MEC, a expectativa é de que as obras comecem ainda em 2017. "O encontro foi bastante positivo, até porque temos uma boa parceria com a gestão municipal. Analisamos o quadro do município e nos colocamos à disposição para ampliar a oferta de creches e melhorar a infraestrutura das escolas em Salvador", destacou Mendonça Filho.O encontro ainda teve como meta debater a prestação de contas de exercícios anteriores à gestão de ACM Neto, entre 2008 e 2012, que impactam na realização de novas obras e também na transferência de recursos à cidade.Ainda em 2017, o governo promete repassar para a cidade de Salvador R$ 14,1 milhões no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites